Monday, September 27, 2010

O CONTRABAIXO NO PERÍODO DE LOUVOR












      
Por Peter Davyduck
    
Nós todos sabemos o lugar do violão numa equipe moderna de louvor, mas e nós, os baixistas? Com as constantes mudanças de estilo encontradas nos cultos, pode ser um pouco confuso saber qual é a nossa função. Será que devemos todos ser como Abraham Laboriel, mantendo o ritmo firme como Jon Thatcher, ou termos o estilo funk de Fred Hammond? Mesmo com esses grandes baixistas existe um solo comum no qual eles se firmam que é função.
   
O poder da escuta
Como você pode chegar a tocar um baixo "funcional" e encontrar o seu lugar na adoração? A resposta é ouça, e ouça muito! Comece ouvindo a música que você vai tocar.
    
1) Ouça o ritmo
Ritmicamente, será que essa música precisará de uma décima sexta linha sincopada, ou será uma canção contemplativa que requer notas cheias? E ainda, o mais importante, o que a bateria está fazendo? Como baixistas, nós devemos ser a ligação entre a harmonia e o ritmo da música. Os nossos dedos precisam estar trabalhando atrelados ao bumbo e a caixa. Apenas isso irá fazer com que as seções rítmicas sonoras que estão perdidas possam fazer sentido.
   
2) Ouça a harmonia
Harmonicamente, a música precisa de uma base rítmica, ou será que existe espaço para algo mais elaborado? Talvez este seja o ponto fraco para a maioria dos baixistas. Quem quer ficar tocando apenas “1-4-5-1”? Mas ser esperto pelo simples fato de ser esperto, não é nunca uma boa opção não importa qual seja o lance. Esta frase não existe para engessar sua criatividade, mas sim, encorajá-lo a esperar e tocar apenas o que é necessário. Lembre-se que estamos oferecendo a tela de fundo para ótimas letras.
    
3) Ouça o líder
É claro que falando em ouvir, nós temos que ouvir e seguir o líder de louvor. Cultive um bom relacionamento com eles, e procure saber que tipos de ritmos eles preferem ouvir.
     
Baixista, assuma o seu lugar
Finalmente, não se esqueça de ouvir para onde o Espírito está te conduzindo. O Espírito Santo não nos guia apenas na nossa vida diária, mas também em todos os nossos esforços artísticos. O hábito de ouvir irá te ajudar a servir melhor a música, dessa maneira, ser servo é o que há de mais importante. Assuma o seu lugar, e sirva com toda a sua capacidade.
     
Peter Davyduck é baixista freelancer e professor na região de Vancouver. Além de tocar em inúmeras gravações da Vineyard Music Canada, Peter também se mantém ocupado tocando com Graham Ord, Brian Doerksen e outros. Peter e sua esposa Shelley freqüentam a Friends Langley Vineyard na Colúmbia Britânica, Canadá.

2 comments:

  1. ola parabens pelo texto sou baixista, porem ainda iniciante. seu texto foi muito ultil. pq ainda tenho muito o que aprender!!

    ReplyDelete
  2. a paz amado obrigado pelas palavras que o Espirito de Deus continue te guiando.... me interessei muito pelo seu baixo que você usa na musica quebrantado mas ainda sou iniciante e não sei de que marca é se possivel coloca umas fotos ai ou uns videos achei muito bonito e um som muito agradável ....
    que Deus continue te abençoando um abraço... a paz do Senhor benção...

    ReplyDelete